Disfunção erétil: sintomas e tratamento

disfunção erétil (DE), às vezes chamada também de impotência sexual, é a inabilidade de ter ou manter uma ereção firme o suficiente para a penetração.

disfunção erétil tornou-se ganho atenção nos últimos anos, mas isso não torna o problema mais bem visto para os 15 milhões de brasileiros cujas vidas sexuais são afetadas.

O distúrbio pode ocorrer em qualquer idade, mas é mais comum em homens com mais de 40 anos, de acordo com pesquisas. Em homens de meia idade, a disfunção erétil pode sinalizar risco de diabetes, pressão alta e até doenças do coração.

As mesmas placas de colesterol que podem se acumular nas artérias ao redor do coração também podem afetar as artérias que passam pelo tecido peniano. Quando os médicos determinam as causas psicológicas, por exemplo, é preciso realizar um exame cardíaco para excluir qualquer doença cardiovascular.

Diagnóstico

De fato, os médicos são capazes de excluir diversas causas da disfunção erétil com um simples exame físico. O aumento dos pelos nos homens, por exemplo, pode indicar problemas hormonais, enquanto a dormência as partes extremas do corpo pode indicar problemas de circulação.

Além disso, vários testes podem levar ao diagnóstico de disfunção erétil:

  • Exames de sangue para verificar os níveis de colesterol, testosterona e glicose,
  • Urinálise para procurar sinais de diabetes,
  • Ultrassom para verificar o fluxo sanguíneo no pênis,
  • Teste de ereção durante a noite para monitorar ereções durante o sono.

As causas físicas da impotência sexual podem ser descartadas se o paciente tiver uma ereção involuntária enquanto dorme (uma ocorrência normal).

Prevenção

Uma variedade de opções de estilo de vida pode afetar a capacidade de alcançar e manter uma ereção, portanto, a prevenção da disfunção erétil é possível em alguns casos. De fato, os homens são incentivados a gerenciar problemas crônicos de saúde com seus médicos e a se exercitar regularmente.

Eles também devem evitar fumar e consumir álcool em excesso, além de obter ajuda para ansiedade ou depressão.

Há muitos benefícios para a função sexual saudável, seja para estimular o sistema imunológico ou para aliviar o estresse. Então, certamente, você não precisa desistir dele apenas porque está ficando mais velho.

3 thoughts on “Disfunção erétil: sintomas e tratamento

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *