O que você deve saber para parar de fumar

Segundo o Instituto Nacional de Câncer (Inca), 428 pessoas morrem diariamente por causa do tabagismo. Por esse motivo é tão importante parar de fumar.

A maioria dos fumantes – quase 70% – diz querer, de fato, parar de fumar, e dados recentes mostram um número crescente de pessoas que param com sucesso. Em 2016, 59% dos adultos que já fumaram deixaram de fumar, um aumento de 50,8% em comparação com 2005.

No entanto, as taxas anuais de sucesso de abandono permanecem baixas – cerca de 7% -, ressaltando a natureza altamente viciante da nicotina, a ineficácia da abordagem de muitos, ou não o uso de tratamentos disponíveis, e as várias tentativas possíveis para parar de fumar com êxito.

Adultos

Em 2016, aproximadamente 15,5% (37,8 milhões) dos adultos eram fumantes, incluindo 13,5% das mulheres e 17,5% dos homens. As tentativas de desistência são de fato semelhantes entre homens e mulheres e as taxas de exito aumentam a cada tentativa de encerramento.

Em 2015, 66,7% dos fumantes do sexo masculino estavam interessados em parar de fumar e 55,3% fizeram uma tentativa de parar naquele ano, mas apenas 7,2% tiveram êxito.

Já em 2015, 69,4% das mulheres fumantes estavam interessadas em parar de fumar e 55,6% fizeram uma tentativa de parar de fumar naquele ano. Apenas 7,6% obtiveram sucesso.

Embora, as tentativas de largar o vício e as taxas de desistência aumentam com a idade, possivelmente devido ao aumento da dificuldade de mudar comportamentos estabelecidos ao longo de muitos anos, de acordo com dados de 2015.

Tabagismo e gravidez

Os dados mais recentes sobre o tabagismo durante a gravidez mostram que, em 2012 e 2013 combinados, cerca de 15,4% das mulheres grávidas eram fumantes. De fato, uma análise de 2011 constatou que 55% das mulheres que fumaram durante os três meses anteriores à gravidez pararam de fumar com sucesso.

No entanto, 43% das mulheres pós-parto voltam a fumar após aproximadamente seis meses.

De fato, fumar durante a gravidez pode prejudicar a criança e a mãe. Parar de fumar aumenta a ingestão de oxigênio e o desenvolvimento pulmonar dos bebês e diminui o risco de parto prematuro, baixo peso ao nascer e possível aborto.

Juventude

Cerca de 5% dos adolescentes relataram fumar um cigarro nos últimos 30 dias.

Contudo, mais da metade dos estudantes do ensino médio que admitiram fumar cigarros não tentaram parar de fumar durante o ano passado.

Mais mulheres do que homens tentaram parar no último ano.

One thought on “O que você deve saber para parar de fumar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *